Repelentes para grávidas, contra a dengue e zika vírus

Olá amigas(os) quando o assunto é proteção contra o mosquito causador da dengue e do vírus Zika, saber escolher um repelente é fundamental para se proteger adequadamente. Muito se ouve pelos meios de comunicação, dá até uma sensação de epidemia, mas o que há de mais grave são as crianças que estão nascendo com a Microcefalia, pois o futuro dessas crianças está comprometido.

dengueA ANVISA libera três componentes presentes em repelentes com segurança para as grávidas: DEET, Icaridina e IR 3535. No entanto, eles apresentam diferenças quanto ao tempo de proteção e seu perfil toxicológico. Por exemplo, o IR 3535 é o único que, mesmo em concentrações mais altas (20%), pode ser usado por bebês a partir de seis meses. Os outros dois só podem ser usados em crianças a partir de dois anos.

O tempo de proteção, também tem a ver com a concentração desses princípios ativos na fórmula dos produtos (industrializados ou manipulados). Quanto maior a dose, maior a eficácia e duração de proteção do repelente. Mas produtos com maior perfil tóxico, como DEET e Icaridina, não podem ser administrados em doses muito altas, porque há risco de problemas tóxicos e irritativos à pele. O IR 3535 a 20% tem durabilidade de sete horas, enquanto as opções de mercado duram em torno de duas horas.

Dengue

Ao contrário dos mosquitos comuns, o mosquito da dengue tem hábitos diurnos e costuma voar baixo, picando preferencialmente os pés, tornozelos e as pernas. O Aedes aegypti não gosta de calor, por isso é mais ativo nas primeiras horas da manhã e no final da tarde. A fêmea contaminada do mosquito da dengue é que transmite a dengue.

Dengue não se transmite pelo beijo, abraço, aperto de mãos, talheres, toalhas, etc. O quadro de dengue clássico dura de 5 a 7 dias e desaparece espontaneamente. O paciente costuma curar-se sem sequelas.

Zika

Os sintomas do Zika vírus incluem febre, dor nas articulações e músculos, além de conjuntivite e manchas vermelhas na pele. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, e os sintomas normalmente surgem 10 dias após a picada.

Os sintomas são: febre, dor nas articulações, dor nos músculos, dor de cabeça, conjuntivite, hipersensibilidade nos olhos, manchas vermelhas, cansaço físico e mental.

Repelente, a prevenção

Uma boa opção é manipular a fórmula, com isso, a dose pode ser administrada com segurança, já que nem sempre os produtos industrializados nos informam claramente a concentração dos ativos. Também é importante porque o repelente manipulado pode associar ingredientes hidratantes, evitando aquele ressecamento que muitos produtos com essa finalidade acabam provocando.

zikaAo manipular, para ter ação de hidratação, inclua ingredientes como: peptídeos da proteína do trigo, derivados do açúcar (suavizante e anti-irritante), silicone especial e glicerina, que apresenta propriedades hidratantes.

Os três princípios ativos citados acima oferecem proteção efetiva para evitar doenças como a dengue e chikungunya. Fale com a sua dermatologista que te indicará a melhor forma para se proteger dos mosquitos da dengue e zika.

Reavalie seu entorno, busque por possíveis locais para a reprodução do mosquito, o pior que os ovos da dengue vivem por mais de um ano mesmo sem água, então todos precisamos nos envolver nessa guerra contra os mosquitos.

Beijos e até a próxima!

 

Fonte – Pharmapele

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments