Outubro Rosa, movimento mundial de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

O movimento Outubro Rosa, acontece em outubro porém o intuito é alertar as mulheres por todo o mundo a respeito da importância da prevenção com o diagnóstico precoce do cancer de mama que estende-se pelo ano todo, afinal é essa ainda a que mais mata mulheres no planeta.

É importante conscientizar as mulheres em geral a respeito da importância em realizar anualmente a mamografia, um exame é como um Raio-X das mamas. Caso a mama seja muito densa, o médico também vai pedir uma ecografia das mamas.

Muito se falou a respeito do auto-toque, mas verificou-se que nos casos iniciais não se consegue perceber claramente a doença, daí a importância da mamografia.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente. Estatísticas indicam aumento de sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento.

Embora a hereditariedade seja responsável por apenas 10% do total de casos, mulheres com história familiar de câncer de mama, especialmente se uma ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmãs) foram acometidas antes dos 50 anos, apresentam maior risco de desenvolver a doença.

Lei 11.664, de 2008
Ao estabelecer que todas as mulheres têm direito à mamografia a partir dos 40 anos, a Lei 11.664/2008 que entrou em vigor em 29 de abril de 2009 reafirma o que já é estabelecido pelos princípios do Sistema Único de Saúde.

Outro problema que prejudica a detecção precoce do câncer de mama é a má qualidade das mamografias feitas no País. Numa pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), 77% dos exames foram rejeitados por problemas técnicos relacionados à qualidade da imagem, ao posicionamento incorreto das pacientes e ao uso inadequado dos equipamentos. O resultado é, além de tumores que passam despercebidos e de biópsias desnecessárias, o grande número de mamografias que precisam ser refeitas.

Para combater o problema, o Colégio Brasileiro de Radiologia, em parceria com o Inca e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), criou, em 2005, um programa de certificação de mamógrafos, que conta com o apoio da Femama e do Instituto Avon – mas eles ainda são muito poucos.

Muitas empresas, entidades e cidades aderem a esse importante movimento, seja iluminando monumentos importantes como o Cristo Redentor, Torre Eiffel, Pirâmides do Egito, dentre inúmeros outros, na cor rosa ou simplesmente twitando com a hashtag #outubro rosa ou #prioridade. O importante é contribuir com a campanha, divulgando para pessoas próximas a você, tipo mãe, irmã, amigas, enfim comunicar para o seu círculo de relacionamento a importância em reservar um dia durante o ano para fazer a sua mamografia, simples assim.

Beijos e até a próxima!

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments