Dicas para evitar a alergia nos olhos, e possível comprometimento da visão

Geralmente quando falamos em cuidar da visão, logo pensamos nos nossos avôs, pois a maioria dos idosos tem dificuldade para enxergar.

Porém ao contrário do que se pensa, os problemas de visão ocorrem na infância e na adolescência.

Pesquisas revelam que 1 em cada 5 crianças em idade escolar sofre de problemas de visão. Uma criança não tem como comparar se está enxergando bem ou não e dificilmente se queixa, e isso poderá trazer sérios problemas para o aprendizado e a saúde.

Coceiras são comuns nesta época por conta das alergias, mas podem desencadear problemas de visão.

Quem é alérgico a pó e poluição geralmente fica ainda mais sensível nesta época em que a umidade relativa do ar permanece abaixo da média por longos períodos. Além dos sintomas relacionados ao aparelho respiratório, as pálpebras podem coçar tanto que, além de ferir a pele ao redor dos olhos, acabam desencadeando até mesmo uma infecção ocular.

Pálpebras e cílios protegem os olhos de corpos estranhos, mantendo a córnea lubrificada. Tanto é assim que os olhos piscam mais freqüentemente quando algum agente irritante entra em contato.

Aos primeiros sinais de irritação em torno dos olhos, é importante tomar medidas que contenham o avanço do problema e procurar um oftalmologista se a coceira persistir. Crianças alérgicas, inclusive, estão mais sujeitas a desenvolver ceracotone, que é uma doença degenerativa do olho.

Especialistas destacam a importância de o paciente aprender a identificar os agentes que mais facilmente irritam seus olhos, a fim de evitar desdobramentos como inflamação e infecção ocular. Além da poluição atmosférica, principalmente nos dias mais secos do ano a pessoa deve checar se a coceira não é proveniente do uso de algum xampu, cosmético ou maquiagem.

Delineador, lápis, rímel, sombra e pó compacto, por exemplo, podem ser tão agressivos a determinadas pessoas que acabam desencadeando conjuntivite. Isso também acontece quando os olhos entram em contato com alguns tipos de xampu e condicionador.

Lavar os cílios com uma gota de xampu neutro para tirar qualquer resíduo prejudicial aos olhos;

Usar compressas geladas, para amenizar a coceira;

Pingar lágrimas artificiais para lubrificar bem o cristalino, e evitar o ressecamento;

Tirar as lentes de contato antes de dormir, sempre;

Usar óculos escuros sempre que estiver ao ar livre – mesmo nos dias nublados;

Selecionar maquiagem de boa procedência, antialérgica;

Lavar bem o rosto antes de dormir, removendo todos os resíduos de poluição e a maquiagem.

De preferência, a pessoa alérgica deve lavar o rosto com um sabonete infantil  e enxaguar os cabelos sempre com a cabeça inclinada para trás, jamais para frente.

A correta higiene dos olhos não deve ser negligenciada nunca, já que o fato de coçar demais a vista pode contribuir para a contaminação por alguma bactéria oportunista.

Os sintomas podem ser, dificuldade de leitura, piscamento, sensibilidade exagerada à luz, terçol freqüente, dores de cabeça e tonteiras.

Se você tem algum desses sintomas deve consultar um oftalmologista que irá fazer alguns exames para confirmar se você tem ou não problemas de visão.

As doenças mais comuns são:

Miopia – Dificuldade de enxergar de longe

Hipermetropia – Dificuldade de enxergar de perto

Astigmatismo – A imagem fica desfocada, meio embaçada devido a uma alteração na Córnea (camada transparente sobre a parte colorida).

Beijos e até a próxima!

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments