Preparativos para a sonhada viagem de férias

Chega essa época, daqui a pouco a criançada entra em férias, para alguns pais é sinônimo de alegria e diversão, e para outros, desespero, por não saber o que fazer com a criançada nesse período.

O importante em ambas as situações é organizar. Se vai viajar, ótimo, porém para evitar transtornos é bom organizar como serão realizadas algumas atividades enquanto estiver fora. Principalmente se você morar em casa, coordene quem pegará os jornais e correspondências enquanto estiver fora, afinal os ladrões logo percebem quando a casa está sozinha se vê jornais e correspondência espalhadas.

Em caso de emergência quem deverá ser comunicado (defina um amigo ou parente que more próximo, para dar uma olhada na casa, de vez em quando ou se houver suspeita de algo irregular), pois imaginou se você está na Disney, e alguém liga para te dizer que viu algo estranho, chega aqui e verifica que foi um gato que passou pela cerca elétrica? Tem sistema de alarme em casa? Não se esqueça de acioná-lo e avisar a empresa o período em que estiver fora. Se não tiver, eleja um vizinho de confiança e peça pra ele dar uma olhada e vendo algo estranho que te ligue imediatamente.

Se você tiver bichos de estimação, deixe comida, água, e peça pra alguém passar e dar uma olhada neles, a menos que já tenha planejado deixá-los num pet-shop ou hotel de animais. Digo isso porque geralmente o período de férias, é o período de maior índice de abandono de animais.

Desligue válvulas de gás, de água da máquina de lavar, desplugue os aparelhos das tomadas.

Findo os cuidados com a casa antes de sair de viagem, agora vamos cuidar das malas, documentos e planejamento.

Se facilitar, faça antecipadamente um check-list de viagem (uma lista com tudo que não pode ser esquecido), isso acaba te deixando menos estressada na hora de fechar a porta de casa e sair, afinal é complicado deixar tudo pra lembrar de cabeça, com cachorro pulando, criança gritando e marido pedindo as coisas, quem aqui já não viu esse filme? Com um check-list, todos podem ajudar.

Levar documentos de identidade de todos, passaporte (se for para exterior), carteirinhas do plano de saúde (esteja certo que seu plano atende e tenha em fácil acesso os telefones deles onde você estiver), identificar bem as suas bagagens, afinal tem coisa pior que chegar no destino sem os seus pertences? Definitivamente, não.  Agora tem umas etiquetas importadas de identificação da Names2glue, que são ótimas para essa finalidade, eles já fazem com o nome de cada membro da família, super resistentes, à prova de água, eu tenho e adoro para viajar. Facilita tanto na hora de identificar a mala na esteira do aeroporto.

Se você tem criança então nem se fala, nos passeios da escola, para identificar a mala, mochila ou lancheira, é simplesmente ótimo.

Eles têm umas etiquetas adesivas também, ideais para as mamães que precisam mandar lavar e higienizar as mamadeiras na cozinha do hotel, com o nome da criança fica mais difícil ela não encontrar o caminho de volta. Quem tem bebe sabe do que eu estou falando.

Verifique também se onde vocês pretendem passar as férias, precisa tomar vacina.

Se você vai alugar um carro no local, a sua habilitação é aceita, ou tem que providenciar uma especial?

Infelizmente nem sempre que compramos os pacotes de viagem somos a visamos a respeito. E nessa hora a ultima coisa que precisamos é desse tipo de surpresa.

Ah! O tamanho e peso das bagagens têm que respeitar seus limites, a menos que prefira pagar o excesso, que no caso do avião nem sempre fica barato.

Bagagem de mão: 5kg. Até 2 peças pequenas( até 115cm). Também chamada bagagem de bordo.

Bagagem despachada: 23kgs totais (cada peça medindo até 158cm). Duas malas: as duas juntas não podem pesar mais de 23 kgs.

Multa: da bagagem despachada, custa 0,5% do preço da passagem por kilo excedido, calculado pela tarifa do trecho, categoria Y(tarifa completa – pode ser diferente da passagem que você comprou, provavelmente a passagem mais cara na mesma classe(que se encontra no site das companhias aéreas.

ATENÇÃO: Se o vôo doméstico for de conexão ou em escala – de uma viagem indo para o exterior, compradas em uma mesma passagem, veja os limites de peso das viagens internacionais descritas abaixo (porém a bagagem de mão é de 5kgs).

Se sair do Brasil com um vôo para América do Norte, Ásia, Europa, África do Sul, por exemplo, Paris, Nova York e todas as cidades dos Estados Unidos, Londres, para a Copa na África, Canadá, Itália (Roma, Milão), outros, são duas malas com peso que pode variar de 23 a 32kg, dependendo da companhia aérea

Agora se for para países da América do Sul e dentro da Europa, são geralmente 20 kilos, porém algumas empresas ampliam para até 23kilos.

Exemplo de companhias aéreas que permitem peças de até 32kgs, gratuitamente: *EUROPA: Swiss, Alitalia, Iberia, Tap, Tam, Air France, KLM, AirChina, Lufthansa, entre outras. Vide quadro com links abaixo. *EUA: Delta, United, American Airlines, Lan,TACA, Aerolíneas Argentinas, Avianca, AirCanada, Copa, Emirates, Jal, entre outras. Vide quadro com links abaixo.

OBS: O site da Continental não mais informa sobre as bagagens, cujo limite geral é de 2 x 23kgs. Há limite de 5 peças por pessoa e cada mala não pode ultrapassar 32kgs (não há excesso acima de 32kgs, pois eles não levam).

Obs: Quaisquer vôos fretados tem franquia diversa (por exemplo, Disney), deverá ser consultado o contrato.

Pessoas com bebês e crianças de colo usualmente têm preferência no embarque. Isso não é lei ou uma regra obrigatória. Por isso, tenha paciência se não for convidada (o) a entrar antes dos demais.

Para aumentar o conforto de seu bebê e das pessoas à sua volta, recomenda-se levar brinquedos para distração da criança (de preferência, algo que ela NÃO conheça ainda), algo para ajudar no apoio da cabeça ao alimentar o bebê e, se possível, algo para alegrar as pessoas que sentarem à sua volta: um chocolate ou um saquinho de balas, por exemplo, (ou um protetor de ouvido). Também é recomendado uma muda extra de roupa para a mãe e para a criança, no caso do bebê passar mal. Sempre leve mais fraldas que o comum para viagens em avião. Se for trocar no seu próprio assento, faça a gentileza de respeitar viajantes ao lado e embrulhe a fralda usada, recolhendo em local apropriado.

Ao sentar no avião, não afivele o cinto com o bebê. Mantenha o cinto de segurança apenas em você e segure o bebê, pedindo um extensor de segurança para o bebê.

E verifique como está a temperatura e o clima do local de destino, para preparar uma mala funcional, compacta e com espaço para as “lembrancinhas”, rs.

No próximo post darei dicas para os pais que não pretendem viajar com seus filhos, afinal, o sol brilha pra todos.

Quem tiver alguma dical legal de viagem e queira compartilhar conosco, ficaremos felizes em saber.

Beijos e boas férias!

 

 

 

 

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments