Você acha que vinagre serve só para temperar salada? Conheça algumas aplicações e segredos deste ingrediente maravilhoso

Quem pensa que vinagre serve só para temperar salada, engana-se, pois esta solução maravilhosa pode também esterilizar, amaciar e neutralizar odores.

Além dar sabor aos alimentos, o ácido acético tem funções que podem facilitar o dia-a-dia e diminuir os gastos no orçamento doméstico.

A maçã e o vinho continuam sendo os ingredientes básicos mais populares. Quase todos os produtos com fermentação alcoólica podem ser aproveitados para fabricar o vinagre.

Os tipos de vinagre

Vinagre balsâmico (aceto balsâmico):
Escuro e bastante aromático, é feito com uvas selecionadas da região de Modena, na Itália. O autêntico vinagre balsâmico passa por um longo processo de fermentação, feito em barris de madeira, que devem durar pelo menos 10 anos. É excelente no preparo de molhos para saladas, para temperar legumes ou para enriquecer molhos à partir do fundo de cozimento.

Vinagre de sidra (ou de maçã):
Obtido a partir do suco fermentado de uma variedade de maçã, é o menos ácido. Fica ótimo em molhos para saladas, conservas, pratos agridoces, além de acentuar o sabor de molhos que acompanham carnes.

Vinagre de malte:
É um produto escuro e fermentado, feito a partir do malte de cevada. É usado tradicionalmente na Inglaterra para acompanhar o clássico peixe e batatas fritas (fish and chips). Também pode ser usado em molhos para saladas.

Vinagre de arroz:
É um vinagre japonês obtido a partir da fermentação do arroz. Mais suave e ligeiramente adocicado, pode ser encontrado em lojas de produtos orientais. É misturado ao arroz cozido para fazer sushi e usado em pratos agridoces. O chinês é mais forte e ligeiramente ácido.

Vinagre de vinho:
É o mais comum e elaborado à partir do vinho tinto ou branco. Sua qualidade difere de uma marca para outra e alguns são bem ácidos. Ótimos para temperar qualquer alimento e para marinadas.

Vinagre de álcool:
Este vinagre é o mais forte de todos e apresenta elevada porcentagem de álcool. Use apenas em conservas.

Vinagre de champanhe (ou de cava na Espanha, ou de espumante no Brasil):
Trata-se de um produto de cor pálida e sabor elegante, como a bebida da qual procede.

Vinagre de xerez:
Produto típico da Espanha, possui sabor delicado e exclusivo. Ideal para saladas, para aromatizar pescados e carnes brancas.

Vinagres aromatizados:
Os vinagres podem ser aromatizados com ervas, especiarias, frutas ou alho e são indicados para molhos de saladas. Os aromatizados com frutas podem ser usados em molhos para sobremesas, musses, sorvetes ou borrifados sobre panquecas e waffles. Prepare o seu!

A engenheira química Wilma Spinosa defende essa idéia.Ela revela que na Europa o consumo por pessoa situa-se em 4 litros por ano, enquanto no Brasil consumimos 0,6 litro. Lá, o produto é utilizado na higienização de cachorros, na limpeza de carpetes e como conservante na indústria de alimentos.

“Eu mesma utilizo na limpeza diária e como amaciante de roupas. Além de todas as aplicações, o vinagre é barato e diminui o custo da compra de produtos de limpeza."

Wilma Spinosa destaca a eficiência do ácido acético para limpar metais, cristais e no realce da cor das roupas. "Ele também pode ser usado para neutralizar odor em um ambiente poluído por fumaça de cigarro".

Página 1 – Tipos de vinagres.
Página 2 – Dicas para a Pele.
Página 3 – Cabelos bonitos e saudáveis.
Página 4 – Benefícios para o seu organismo.
Página 5 – Uso do vinagre em seu cotidiano.

Página 6- Benefícios do vinagre.


Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments



Comentários

Powered by Facebook Comments