Compras na internet: dicas para fugir das fraudes e saiba como comprar com segurança

Cuidados com a internet

Segurança nas compras de internet

Olá amigas(os), hoje falaremos sobre compras na internet, nos fascina pela facilidade e praticidade, mas cuidados devem ser tomados para não termos dores de cabeça, afinal, os consumidores devem ficar atentos e saber como se proteger dos crimes praticados na internet .

As compras pela internet estão cada vez mais comuns. A diversidade de produtos, a comodidade de comprar sem precisar sair de casa e as facilidades para pagamento são fatores que atraem cada vez consumidores. No entanto, é preciso tomar muito cuidado para não cair no famoso golpe do “cartão de crédito”, um dos mais praticados pelos ladrões invisíveis.

Para evitar que problemas como estes aconteçam, é importante ficar atento a algumas dicas. Antes de fazer uma compra é muito importante pesquisar sobre o produto ou serviço a ser adquirido. E para facilitar essa pesquisa, a melhor alternativa é pedir ajuda aos buscadores de preço.

De acordo com especialistas em direito digital e segurança da informação, a primeira regra é saber se o sistema de pagamento online do site é confiável. Sempre orienta-se aos consumidores sobre a importância de conferir se no endereço da página – onde os dados do cartão de crédito serão digitados e posteriormente transmitidos – se o protocolo httpS está presente. Afinal de contas, em todos estes sites as operações bancárias são sempre em tempo real e o consumidor corre o risco de estar na mira de criminosos.

Existem várias lojas virtuais que não seguem padrões de qualidade para o e-commerce brasileiro.

As fraudes mais comuns na internet está o chamado “phishing”, um crime eletrônico caracterizado pela tentativa de adquirir dados pessoais de terceiros durante transações bancárias. Existem programas de hackers e vírus, como os Trojans, que são utilizados por estelionatários para captar informações transmitidas pelos consumidores para que depois possam utilizar o cartão de crédito clonado. Os dados da tarja magnética são copiados e transferidos para um segundo cartão. No final do mês, quando a fatura chega, os consumidores têm uma grande surpresa. Por isso sempre recomendo que o usuário do cartão acompanhe a movimentação da fatura a cada nova compra.

Caso você seja vitima de alguma fraude, a primeira atitude que deve tomar após descobrir a clonagem do cartão é efetuar o bloqueio ou cancelamento do mesmo junto ao banco ou centrais de atendimento responsáveis. Sempre anote o protocolo de atendimento da solicitação bem como nome do atendente responsável pela operação junto ao banco. Depois, é aconselhável fazer um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima e se o problema não for resolvido junto à administradora do cartão, é importante que os consumidores procurem um advogado para movimentar uma ação e correr atrás dos seus direitos.

As compras ou serviços contratados através de um cartão de crédito clonado não devem ser cobrados do consumidor. Caso este venha a ter seu CPF inserido nos cadastros de restrição ao crédito, como SPC e Serasa, deve entrar com pedido de indenização contra o banco emissor ou órgão responsável pelo cartão, que são os responsáveis pela segurança das informações contidas nos cartões. A mesma situação cabe às empresas que autorizaram o pagamento com a utilização de um cartão falso por não conferirem de forma adequada a identificação do portador do cartão.

Além do cuidado a ser tomado na hora de efetuar o pagamento, confira se o site é confiável, busque em sites de reclamação, se a empresa apresenta problemas de atraso, não entrega, como se posiciona em relação a defeitos e garantia.

Quando comprar algo, imprima o anuncio e mensagens trocadas e guarde junto com o comprovante de compra e pagamento, assim caso haja algum problema, você tem várias provas para fazer ser cumprido o apresentado na oferta.

Beijos e até a próxima!

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments