Conhecendo o coelho da Páscoa

Festa de Páscoa

Ovos de Páscoa, e o coelho?

Olá amigas(os), hoje me deparei com meu filho questionando sobre o coelho da Páscoa, perguntou “porque ele tem ovos se quem faz os ovos são as galinhas”? Dai engolimos em seco e vamos atrás da informação mais fácil e prática a ser dada.

Para quem já se esqueceu, a Páscoa é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde permaneceu ate a ressurreição, quando seu espirito e seu corpo foram reunificados.

É o dia santo mais importante dessa doutrina, quando as pessoas vão a igreja e participam de cerimonias religiosas.

A tradição do coelho da Páscoa foi trazida para a América pelos imigrantes alemães em meados de 1700. De acordo com a tradição, o coelhinho visita as crianças escondendo os ovos coloridos que elas devem encontrar na manhã de Páscoa. Outra lenda conta que uma mulher pobre coloriu alguns ovos e escondeu em um ninho para dar aos filhos como presente de Páscoa. Quando as crianças descobriram o ninho, um grande coelho passou correndo. Espalhou-se então a história de que o coelho é que trouxe os ovos.

Seja como for, o fato é que o coelho transformou-se em símbolo de energia, vitalidade e fertilidade, e mesmo a Igreja Católica o adotou como símbolo para representar a capacidade de Cristo em propagar a palavra de Deus entre os homens.

O grande problema disso tudo é que muitas pessoas nessa época compram coelhos vivos e presenteam as suas crianças, que após algum tempo abandonam os bichinhos a sua sorte.

Infelizmente não temos estatísticas a respeito, mas sabemos que esses abandonos acontecem. Talvez, por se tratar de uma ocorrência sazonal os órgãos municipais não se preocupam em abrir  protocolo para estudar o fenômeno, mas ignorar a existência da pratica não resolve a questão.

Caso as difíceis condições de se manter um animal com as características e hábitos de um coelho dentro de uma casa não demovam o leitor de adquirir um animal dessa espécie, apelo para o espirito cristão que existe dentro de cada um de nós. Trate-o como gostaria de ser tratado e não o abandone num córrego ou parque. Ele sentira frio, fome, sede e dor,e, distante de outros amiguinhos da própria espécie, sentira abandono, como nós sentimos.

Então prefira os coelhos de chocolate se você não tem intenção, espaço e paciência para cuidar do coelho. Presenteie com responsabilidade!

Beijos e boa Páscoa!

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments