Segredos de uma lipoaspiração segura

Segredos da Lipoaspiração

Segredos da Lipoaspiração

Olá amigas(os), a lipoaspiração é a cirurgia plástica mais popular no Brasil. E é nessa época do ano em que temos a maior ocorrencia de cirurgias plásticas. Em quatro anos, o número de cirurgias plásticas no país quase dobrou: passou de 629.287, em 2008, para 905.124, em 2011 –um aumento de 43,9%.  Segundo a pesquisa divulgada em meados de janeiro deste ano pela Isaps (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética), em conjunto com a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), em 2011 foram feitas 211.108 lipos contra 91.800 em 2007 – um aumento de 130%.

No mesmo período, foram 148.962 cirurgias de aumento de mama (um crescimento de 54,5%). Ao mesmo tempo em que se populariza, a lipo acumula intercorrências, muitas vezes atribuídas à imperícia profissional ou à falta de condições do local onde é feita.

Por ano, oito pessoas morrem no país durante o procedimento, segundo a Isaps. A SBCP ainda prepara um levantamento do número de mortes e das possíveis causas associadas a elas.

O que podemos dizer é que a lipoaspiração é uma cirurgia cheia de detalhes e precisa ser realizada por profissionais autorizados, já que a frequência de intercorrências não é tão grande assim, chegando a menos de 0,2 %, não sendo maior que o risco de uma histerectomia (retirada do útero).

Fique atento que uma cirurgia 100 % segura é diferente de uma cirurgia 100 % isenta de riscos, isto é, em qualquer procedimento cirúrgico, todos os protocolos de segurança devem ser seguidos e é isso que torna a cirurgia muito mais segura, mas é bom deixar claro, que não há cirurgia 100 % isenta de riscos.

A lipo como qualquer outra cirurgia eletiva deve ser segura, onde protocolos de cuidados como: pré-operatórios, intraoperatórios e pós-operatórios devem ser cumpridos rigorosamente.  Você deve saber que nenhum procedimento seja ele clínico ou cirúrgico está isento de riscos, a nossa obrigação como médico-paciente é de minimizar esses riscos.

Confira a seguir os 10 segredos para uma lipoaspiração ser um sucesso:

1)    Saúde 100% – avaliação do estado clínico pré-operatório – o paciente tem que estar muito bem de saúde, Só “bem” não serve! Toda a parte clínica deve estar estável no período pre-operatório. A avalição clínica e pré-operatória de risco cirúrgico é mandatória nesse período.

2)    Peso ideal – Estado Nutricional adequado – deve ser realizada uma avaliação nutricional laboratorial completa e o estado nutricional deve ser excelente para a cirurgia. Os extremos de peso (abaixo do peso ou obesidade) não são adequados para realizar qualquer cirurgia, ha aumento de risco cirúrgico.

3)    O Cirurgião – a escolha do cirurgião para realizar o procedimento é fundamental. Você deve entender que a relação medico- paciente deve ser próxima e as questões do tratamento devem ser discutidas minuciosamente antes da cirurgia.

Sempre opere com um cirurgião plástico da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), isso serve como um “certificado “de garantia que você é tratado por um médico com a formação correta do cirurgião plástico que estudou e fez um treinamento exaustivo, tanto teórico quanto prático, na sua vida profissional.

4)    O Local – o ideal é realizar o procedimento cirúrgico num hospital de médio a grande porte com todo o suporte e infraestrutura necessários para operar, de preferência que haja U.T.I. no local.

5)    Fique atento – é importante realizar a profilaxia para trombose, utilizar a meia de compressão elástica associado a Compressão Intermiente de Membros (Sequell ®, Flebopresse®),  eventualmente o uso de anticoagulante injetável.

6)    Anestesia geral – a escolha da equipe de anestesia é fundamental e os cuidados de mobilização, monitorização, ventilação e cuidados clínicos na cirurgia são de responsabilidade do anestesia. Lipoaspiraçãoo na grande maioria das vezes, é sinônimo de anestesia geral.

7)    Limite da cirurgia – o limite preconizado pela SBCP é de 7% do peso corporal, esse volume é considerado seguro para que não haja uma perda sanguínea exagerada, o objetivo da cirurgia é melhora do contorno corporal nas diversas regiões do corpo, não falamos em emagrecimento mas sim em perda de medidas

8)    Período imediato – os cuidados nos 5 primeiros dias apos a cirurgia tanto do paciente assim como da família são intensos. Tanto com o uso de medicamentos prescritos assim como alimentação adequada e principalmente hidratação abundante.9)    Pós-operatório – após 5 à 7 dias há melhora da fase mais aguda e assim, de mais dor, já podem ser realizadas sessões de drenagem linfática. Toda a terapia de drenagem deve ser realizada por um profissional que vai trabalhar conjuntamente com o cirurgião e assim dia a dia conquistar a sonhada cintura.

10)   Expectativa – importante que seja discutido detalhadamente a proposta de tratamento e entender qual é a real expectativa do paciente e qual é a possibilidade dessa expectativa ser alcançada.

Beijos e até a próxima!

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments