Entenda o que seria uma lancheira saudável

Olá amigas(os) a lancheira dos filhos é uma preocupação para boa parte das mães, assim que retomamos a rotina escolar. As opções que aparentemente são as mais práticas muitas vezes podem ser prejudiciais à saúde das crianças, principalmente os industrializados. Fora isso, as dificuldades alimentares são comuns em crianças pequenas e podem persistir por toda a infância (1 à 8 anos).

lancheira4De acordo com a última Pesquisa Nacional de Saúde, o consumo de produtos com alto teor de açúcar e gordura por crianças começa cedo no Brasil. O estudo revela que 60,8% das crianças com menos de dois anos de idade comem biscoitos, bolachas e bolos e que 32,3% tomam refrigerantes ou suco artificial. Assustador não? Esses alimentos são os grandes vilões da alimentação, principalmente na fase pré-escolar e escolar.

lancheiraMuitos pais acreditam que precisam rechear a lancheira dos filhos para garantir que eles não sintam fome no período em que estão fora de casa. Considerando que a criatividade acaba se esgotando, alguns acrescentam itens além do necessário para o consumo da criança.

Porém, nesta fase, o ideal é que o conteúdo dos lanches seja inferior a 20% da recomendação calórica diária, como prescreve o Programa Nacional de Alimentação Escolar, do Ministério da Saúde.

Confira as dicas para criar uma lancheira saudável e equilibrada para seu filho

No lanche da escola não pode faltar: um líquido, uma fruta, um tipo de carboidrato e um tipo de proteína.

lancheira2Para beber, escolha os chás, água de coco ou sucos naturais, que você regula a quantidade de açucar (que podem ser colocados em recipientes térmicos para não perder os nutrientes com o passar das horas). As lancheiras térmicas também são ótimas opções para o melhor acondicionamento da comida, estendendo a vida útil dos alimentos.

Escolha alimentos de conhecimento da criança. A lancheira da escola deve ser uma extensão da alimentação feita em casa. Não adianta colocar um alimento que a criança não costuma ingerir em casa, pois as chances dele voltar na lancheira são grandes.

Bolos são uma excelente opção para incluir na lancheira das crianças, desde que sejam caseiros, como os de laranja, limão, cenoura ou fubá. Evite os bolinhos industrializados, eles tem muito açúcar e gordura.

lancheira1

Mande as frutas cortadas e descascadas. Mas cuidado com a aparência das frutas, pois algumas oxidam e escurem, dai será difícil fazer a criança comer. Quando cortar frutas como pera, maçã, banana e outras frutas que escurecem, mergulhe os pedaços numa tigela com agua e um pouco de açúcar, sal ou limão. Caso você tenha, aquelas facas de cerâmica, elas não escurecem as frutas. Para você entender, o que faz a fruta escurecer é a oxidação provocada pela lâmina de metal da faca.

lancheira3Os pães devem estar na lancheira escolar, mas o ideal é variar o tipo: pão francês, de forma ou de milho são algumas opções. Para o recheio prefira os patês caseiros, requeijão e queijo, pois são opções saudáveis e nutritivas.

A alimentação infantil deve suprir as necessidades nutricionais da criança para adequado crescimento e desenvolvimento e garantir qualidade de vida em curto, médio e longo prazo. Além disso, hábitos alimentares inadequados na infância e na adolescência podem ter efeitos negativos sobre a saúde do adulto. A má nutrição pode prejudicar o crescimento e o desenvolvimento das crianças.

Gostou das dicas? Tem outras para compartilhar conosco? Estamos esperando.

Confira outras matérias sobre o assunto, acessando os links.

Leite Fermentado Ninho

Cuidados com a lancheira

 

Fonte – Abbott

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,



Comentários

Powered by Facebook Comments